Pular para o conteúdo principal

Maria Bethania - Ao Vivo (1970)

Red Retro Vinyl Music Flyer - 1
Bethânia gravou esse seu segundo disco ao vivo num pequeno auditório em sua gravadora, recriando o ambiente das boates nos quais brilhava na ocasião. Mesmo antes de seus roteiros mais teatrais dos anos 70 a consagrarem, seus shows de pequeno porte não pareciam menos apoteóticos, Pelo menos é esta a sensação que temos ao ouvir discos como este, no qual a plateia parece em estado de êxtase. 

No repertório, algumas pérolas que Caetano e Gil compuseram para ela pouco antes de partirem para o exilio forçado, deliciosos sambas e sambas-canções dos cantores do rádio e dois pontos de candomblé um para abrir e outro para fechar o roteiro, como que exorcizando a onda de baixo astral que se abatia sobre o Brasil de 1970.

 Ah! E foi também neste disco a sua primeira gravação de Chico Buarque, Com açúcar, com afeto, de quem se tornaria a melhor intérprete. Este CD faz parte da Coleção Maria Bethânia - 60 anos, que reúne seus principais álbuns remasterizados, trazendo todas as informações originais de contracapa e encarte, e um texto inédito no libreto, com detalhes da produção de cada um deles. ***Rodrigo Faour

Faixas do álbum:
01. Ponto De Iansã
02. Meiga Presença
03. Samba De Roda / Marinheiro Só
04. Nada Além
05. Com Açúcar, Com Afeto
06. Irene
07. 9º Andar
08. Os Argonautas
09. Fósforo Queimado
10. Voltei Pro Morro
11. Maria
12. Ponto De Oxóssi

Download:

78 MB - ZIP - MP3 - 320 Kbps - REMASTERIZADO

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Roberto Carlos - Roberto Carlos (1981)

Faixas do álbum: 01. Ele Está Prá Chegar 02. Simples Mágica 03. As Baleias 04. Tudo Pára 05. Doce Loucura 06. Cama E Mesa 07. Emoções 08. Quando O Sol Nascer 09. Eu Preciso De Você 10. Olhando Estrelas Download: 96 MB - ZIP - MP3 - 320 Kbps - REMASTERIZADO MEGA - IceDrive - Degoo

O grande encontro - 20 anos (1 CD) (2016)

A quarta edição desse projeto histórico da Música Popular Brasileira, celebra os 20 anos de existência de O Grande Encontro. Já se passaram 20 anos, desde que antigo Ginásio Machadinho, em Natal, recebeu quatro dos mais influentes artistas brasileiros, representantes máximos de toda a força e cultura nordestina. Agora em 2016, três deles voltam a se unir mais uma vez: a paraibana Elba Ramalho e os pernambucanos, Geraldo Azevedo E Alceu Valença. Mesclando um repertório de clássicos da MPB, música nordestina e sucessos dos três artistas, este projeto é a junção de tudo o que houve de melhor das três edições anteriores. E traz ainda três faixas inéditas para enriquecer ainda mais o repertório e um cenário deslumbrante. Esse encontro histórico, que foi eternizado ao final da turnê de 1996 com um show gravado no Canecão (RJ), teve mais dois volumes, sem a presença de Alceu Valença. Agora, duas décadas após o lançamento do projeto que já vendeu mais de 2 milhões discos, Alceu volta a se unir

Roberto Carlos - O Inimitável [1968]

Primeiro disco lançado após Roberto Carlos deixar o programa Jovem Guarda, da TV Record, "O Inimitável" é considerado o álbum de transição do cantor, embora ainda traga todas as características daquele movimento musical. Nesse álbum, Roberto Carlos usou a influência do Funk e da Tropicália para fazer a transição da Jovem Guarda que é conhecida como pós-Jovem Guarda. Logo na faixa de abertura do LP, com a impactante "E Não Vou Mais Deixar Você Tão Só" (composição de Antônio Marcos), nota-se uma mudança, já que álbuns anteriores tinham canções mais ingênuas como ("Aquele Beijo que te Dei", "É Tempo de Amar" ou "Gosto do Jeitinho dela"). Este era um sinal de mudanças no repertório do músico, que gradualmente mudaria seu gênero, passando a priorizar canções mais maduras e elaboradas, seja entrando de cabeça no soul ou seja canções mais profundas e estridentes como "Se Você Pensa" e "As Curvas da Estrada de Santos" do álb