Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2019

Roberto Carlos - O Inimitável [1968]

Primeiro disco lançado após Roberto Carlos deixar o programa Jovem Guarda, da TV Record, "O Inimitável" é considerado o álbum de transição do cantor, embora ainda traga todas as características daquele movimento musical. Nesse álbum, Roberto Carlos usou a influência do Funk e da Tropicália para fazer a transição da Jovem Guarda que é conhecida como pós-Jovem Guarda. Logo na faixa de abertura do LP, com a impactante "E Não Vou Mais Deixar Você Tão Só" (composição de Antônio Marcos), nota-se uma mudança, já que álbuns anteriores tinham canções mais ingênuas como ("Aquele Beijo que te Dei", "É Tempo de Amar" ou "Gosto do Jeitinho dela"). Este era um sinal de mudanças no repertório do músico, que gradualmente mudaria seu gênero, passando a priorizar canções mais maduras e elaboradas, seja entrando de cabeça no soul ou seja canções mais profundas e estridentes como "Se Você Pensa" e "As Curvas da Estrada de Santos" do álb

Roberto Carlos - Em Ritmo de Aventura [1967]

Ídolo na música brasileira, Roberto Carlos também estrelou filmes, inspirados em modelo lançado pelos Beatles na década de 1960. O primeiro desses foi o longa-metragem "Roberto Carlos em Ritmo de Aventura", de 1967, dirigido por Roberto Farias. A trilha sonora do filme foi lançada naquela mesma época, com o mesmo sucesso do filme, com canções de destaque como "Eu Sou Terrível", "Como É Grande O Meu Amor Por Você" "Quando", e "Por Isso Corro Demais". O disco teve a participação de inúmeros músicos de estúdio, incluindo naipe de metais, quarteto de cordas, flauta, gaita, além da base ter sido feita por alguns membros de Renato e seus Blue Caps e alguns músicos do RC-5 e da banda de Lafayette. O tecladista Lafayette teve contribuição decisiva e brilhante em quase todas as faixas, substituindo eventualmente o órgão hammond por piano e cravo.  O LP foi eleito em uma lista da versão brasileira da revista Rolling Stone como o 24º melhor disco

Roberto Carlos - Roberto Carlos (1966)

Após o lançamento do disco anterior, Jovem Guarda, era grande a expectativa de como seria a produção do próximo trabalho. Ao mesmo tempo, o álbum marcaria uma participação cada vez maior de seu empresário, Evandro Ribeiro, durante as sessões. O reflexo disso foi a reformulação da banda de apoio do cantor: agora, além de Dedé (bateria) e Bruno baixo),formavam o RC-4 o tecladista Antônio Wanderley (que havia trabalhado antes com Milton Banana) e José Provetti, ex-Jet Blacks na guitarra. Antes do lançamento, Ribeiro pôs duas faixas no mercado, através da coletânea As 14 Mais daquele ano, "É Papo Firme" e "Esqueça". Quando o disco saiu, por conta da promoção anterior, já saiu estourado, em pleno auge do programa Jovem Guarda, que então era transmitido pela TV Record, No Natal, atingiu uma vendagem superior à seu antecessor. . O famoso elepê com a capa a la Beatles, com seu rosto em contraste claro-escuro, como na foto de Robert Freeman para o With the Beatles, traz suce

Raul Seixas - Gita (1974) +SCANS

Gita é o álbum de maior sucesso da carreira de Raul Seixas, com 600 mil cópias vendidas, rendendo ao cantor seu primeiro disco de ouro. Recém-chegado do exílio, Raul posa para a capa do disco vestido de guerrilheiro com uma guitarra vermelha, numa provocação a Ditadura Militar, que o forçou a viver nos Estados Unidos. Acompanhado de Paulo Coelho, Raul compôs no álbum alguns de seus grandes sucessos, como "Gita" (inspirada num livro sagrado hindu com mais de 6.000 anos, o Bhagavad Gita), "Sociedade Alternativa" (inspirada na obra de Aleister Crowley) e "Medo da Chuva", além de canções que contam apenas com sua autoria, como "O Trem das 7" e "S.O.S." Em meio a concepção de Gita, Raul Seixas e Paulo Coelho foram convidados a compor a trilha sonora da novela da Rede Globo de televisão O Rebu, também lançada em álbum homônimo. Faixas: 01. Super-Heróis 02. Medo da Chuva 03. As Aventuras de Raul Seixas na Cidade de Thor 04. Água Viva 05. Moleq

Raul Seixas - Raul Seixas (1983) +SCANS

Lançado originalmente em abril de 1983, este disco trouxe em si o retorno de Raul Seixas aos estúdios, aos palcos e a mídia. O selo semi independenteEstúdio Eldorado, comandado então pelo jovem João Lara Mesquita, fã incondicional de Raul Seixas, resolveu convidá-lo para integrar o seu cast, que nada tinha a ver com rock and roll. Iniciando assim uma nova empreitada tanto do artista como da gravadora. Faixas: 01. D.D.I. (Discagem Direta Interestelar) 02. Coisas do Coração  03. Coração Noturno  04. Não Fosse o Cabral  05. Quero Mais  06. Lua Cheia  07. O Carimbador Maluco  08. Segredo da Luz  09. Aquela Coisa  10. Eu Sou Eu, Nicuri é o Diabo  11. Capim Guiné  12. Babilina  13. So Glad You're Mine  Baixar: 90 MB - ZiP - MP3 - 320 Kbps - REMASTERIZADO pCloud - Google Drive - Box - MEGA - MediaFire Scans: DISPONÍVEL

Belchior - Elogio Da Loucura (1988) +SCANS

Em 1988, enquanto gravava o álbum Elogio da Loucura e já não era mais um grande vendedor de discos, Belchior declarou numa entrevista: "Eu estou na expectativa de que haja interesse maior nesse disco novo. Afinal, ninguém faz 11 discos impunemente. É um trabalho que eu acredito ter uma coerência singular com os meus temas de sempre, aquela coisa de conflito de poderes, do cidadão comum contra o cotidiano da cidade, da luta na cidade grande do imigrante. Além disso, estou completando 20 anos de atividades e no disco novo vou tentar contar o que aconteceu com essa geração. Me sinto maduro para tentar isso". Cheio de referências literárias e de cultura pop, com citações de Bod Dylan, Freud, Martin Luther King e John Lennon, o disco tinha a síntese de sua proposta na canção Os Profissionais: "Onde anda o tipo afoito que em 1968 queria tomar o poder?". Faixas: 01. Amor de Perdição  02. Elegia Obscena  03. Balada de Madame Frigidaire  04. No Maior Jazz  05. Recitada  06.

Belchior - Melodrama (1987) +SCANS

Melodrama é o primeiro disco que Belchior grava na Phillips/Polygram desde Alucinação. Na época Belchior comentava que seria uma continuação de Alucinação, a “retomada de uma emoção temática”. Melodrama abre com um bolerão, De Primeira Grandeza, também tem a regravação de Todo sujo de batom. Faixas: 01. De Primeira Grandeza 02. Bucaneira 03. Todo Sujo de Batom 04. Dandy 05. Extra Cool 06. Em Resposta a Carta de Fã 07. Jornal Blues 08. Lua Zen 09. Os Derradeiros Moicanos 10. Tocando por Musica Baixar: 89 MB - MP3 - 320 Kbps - NOVA REMASTERIZAÇÃO (Série três tons) pCloud - Google Drive - Box - MEGA Scans: DISPONÍVEL

Belchior - Alucinação (1976) +SCANS

Alucinação é o segundo álbum de Belchior, lançado em 1976 pela Polygram (atual Universal Music). Conta com sucessos que consagraram o cantor, como "Apenas Um Rapaz Latino-Americano", "Como Nossos Pais" e "Velha Roupa Colorida". Faixas: 01. Apenas Um Rapaz Latino Americano  02. Velha Roupa Colorida  03. Como Nossos Pais  04. Sujeito De Sorte  05. Como O Diabo Gosta  06. Alucinação  07. Não Leve Flores  08. A Palo Seco  09. Fotografia 3 x 4 10. Antes Do Fim  Baixas: 72 MB - MP3 - 320 Kbps - NOVA REMASTERIZAÇÃO (Série três tons) pCloud - Google Drive - Box -   MEGA Scans: DISPONÍVEL